IRECÊ CHORA A PERDA DE CARLOS HAMILTON, EM TRÁGICO ACIDENTE - WEB TV ESPINHA DE PEIXE

Anuncios!!

test banner

Breaking

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 21 de julho de 2021

IRECÊ CHORA A PERDA DE CARLOS HAMILTON, EM TRÁGICO ACIDENTE



Imagens: divulgação.
A morte de ‘Carlinhos de Gileno’, em violento acidente automobilístico, chocou a cidade de Irecê. Seu genro Felipe Araújo se encontra hospitalizado. Eles viajavam em uma L200. Também morreram na colisão, todos os passageiros do outro veículo envolvido no acidente


As redes sociais, em Irecê, pararam na tarde e início da noite desta segunda-feira, 19, para manifestos de consternação pelo trágico falecimento de Carlos Hamilton (Carlinhos de Gileno) ocorrido entre os municípios de Baixa Grande e Mundo Novo. Músico nas horas vagas, compôs o grupo de rock Juízo de Ferro, nos tempos das Semanas de Arte e Cultura de Irecê, escritor, com importantes obras publicadas sobre tecnologia, sendo inclusive reconhecido na Alemanha e desenvolvedor de programas que facilitavam a vida dos gestores públicos, dentre outras obras como “Os guardiões da ordem” e “Esticando a vida”, relatos de uma viagem à América do Sul.

Carlinhos viajava em uma L200, com o seu genro Felipe Araújo, que se feriu gravemente, sendo socorrido e levado para atendimento médico em Feira de Santana, onde passou por uma cirurgia. Seu quadro clínico não foi divulgado até o fechamento desta matéria.



Em uma das suas viagens ao mundo, Carlinhos posou com um sósia de Ghandi – Foto: Reprodução

Não se sabe ainda as circunstâncias do acidente, mas foi bastante violento, a ponto do veículo de passeio que viajava no sentido contrário ter ficado irreconhecível. O boletim de ocorrência ainda não foi divulgado. A perícia técnica investiga as possíveis causas da colisão.

Todos os passageiros do carro de passeio morreram na hora. Até a conclusão desta edição, a identidades das demais vítimas não foram divulgadas.

AMIGOS SE MANIFESTARAM – Muitos de seus amigos e fãs de Carlinhos se manifestaram nas redes sociais. “Estou chocado. Carlinhos era o tipo de gente que chamamos “do bem”. Inteligente, defensor da democracia, estudioso, apaixonado por música e pela Natureza, amigo verdadeiro. Ficamos “nos devendo” o que seria a última cerveja, o último churrasco, a última boa conversa. Não deu tempo, amigo… A fatalidade foi mais rápida que nós. Hoje é um dia triste.”, postou o radialista Eraldo Maciel.

Valdi Rocha narrou: “dia desses, eu, Daniel Menezes e Uebson Santos Rosa falávamos sobre assuntos diversos, então disse: quem mais sabe está ali, calado e modesto, geralmente quem sabe muito é assim. Aquele lá no balcão é Carlinhos, é conhecedor, inteligente, estudioso, tem bons livros publicadas. Então Carlinhos veio até nós e disse está feliz pois estava recebendo direitos autorais do seu livro sobre Delphi, publicação antiga… Exemplo de homem a se seguir… Adeus meu amigo…”.







Diversas manifestações choram a morte de Carlos Hamilton

Já o publicitário Roberto Júnior, com quem compartilhou diversos momentos do movimento de rock em Irecê, destacou que “hoje a mundo perdeu uma das pessoas mais incríveis. Um amigo, compadre, irmão, parceiro musical e de andanças.

@carlinhos_hrs foi daquelas pessoas que brilham, que por ande passou criou boas amizades. Honesto, tímido, sarcástico, resenheiro e bom. Bom ao extremo… (…) …O baque será grande para a The Classics, mas gravaremos nossas canções compostas. Essa é uma promessa minha para lhe homenagear. O mundo hj fica mais escuro, mas o céu recebe uma de suas estrelas mais brilhantes. Fique em paz meu irmão. Vc foi uma das pessoas que mais amei na vida.”, declarou.

“Grande perca! Perca para a música, para o Rock, para literatura… E principalmente para quem teve a oportunidade de conhecê-lo.”, apontou o professor, geógrafo e músico Clendson Barreto.



Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages