Bolsonaro responde sobre o aux. emergencial após divulgação de falta de recursos para antecipar a 2ª parcela - SITE ESPINHA DE PEIXE

Breaking

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS!

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS BASTA CLICAR NO LINK!

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Bolsonaro responde sobre o aux. emergencial após divulgação de falta de recursos para antecipar a 2ª parcela


Na manhã desta quinta-feira, dia 23 de abril, o presidente Jair Messias Bolsonaro se pronunciou ao ser questionado sobre o anúncio da antecipação da 2ª parcela do auxílio emergencial.
A antecipação da segunda parcela do auxílio emergencial, foi anunciado na segunda-feira, dia 20 de abril, após reunião entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.
No final da tarde de ontem, quarta-feira (22), o Ministério da Cidadania informou que por falta de recursos, o adiantamento da segunda parcela do beneficio estava cancelado.
Na manhã desta quinta-feira (23), uma internautas perguntou à Bolsonaro por qual motivo ele havia cancelado a 2ª parcela do aux. emergencial.
O presidente disse que nunca havia sido consultado e portanto não teria como ter autorizado o adiantamento, “isso foi coisa do ministro Onyx Lorenzoni“.
“O presidente, então, respondeu que “nada foi cancelado” e que “um ministro anunciou sem estar autorizado que iria antecipar a segunda parcela”.
Bolsonaro completou dizendo:
“Primeiro se deve pagar a todos a primeira parcela, depois o dinheiro depende de crédito suplementar já que ultrapassou em quase 10 milhões o número de requerentes. Tudo será pago no planejado pela Caixa”.

De acordo com as informações da CEF, um contingente de 12 milhões de trabalhadores ainda não receberam a primeira parcela do auxílio emergencial.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RADIO VIOLA VIVA