BAHIA ULTRAPASSA DOIS MIL CASOS CONFIRMADOS DE COVID-19 E REGISTRA 70 ÓBITOS - ESPINHA DE PEIXE

Breaking

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS!

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS BASTA CLICAR NO LINK!

domingo, 26 de abril de 2020

BAHIA ULTRAPASSA DOIS MIL CASOS CONFIRMADOS DE COVID-19 E REGISTRA 70 ÓBITOS

Considerando o número de 454 pacientes recuperados e 70 óbitos, 1.557 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19

Foto: Reprodução

A Bahia registra 2.081 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Considerando o número de 454 pacientes recuperados e 70 óbitos, 1.557 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.​

No momento, 231 pacientes confirmados para Covid-19 em toda a Bahia encontram-se internados, sendo 67 em UTI. O boletim epidemiológico registra 5.360 casos descartados e 11.155 notificações. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.​

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 70 mortes pelo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Capim Grosso (1); Camaçari (1); Catu (1), sendo que a paciente foi contaminada na capital baiana; Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (3); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (37); Uruçuca (4); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 12 horas deste sábado (25).​

O 68º óbito foi registrado na sexta-feira (24). O paciente era um homem de 75 anos, residente em Itabuna, com histórico de hipertensão. Ele estava internado em um hospital filantrópico no município de Itabuna.​

A 69ª morte é de uma mulher de 67 anos, residente no município de Camaçari, com histórico de doença cardiovascular e diabetes. Ela estava internada em um hospital público em Salvador, vindo a falecer em 23 de abril. ​

Já o 70º óbito ocorreu em 22 de abril. A paciente era uma mulher de 42 anos, residente em Uruçuca, com histórico de familiares sintomáticos, além de comorbidades, como obesidade, hipertensão e diabetes. Ela foi internada em 22 de abril em um hospital público de Ilhéus, vindo a falecer no mesmo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RADIO VIOLA VIVA