Mensagem da família Hospital Regional de Irecê para você e sua família. - ESPINHA DE PEIXE

Breaking

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS!

PARTICIPE DO GRUPO DE NOTÍCIAS BASTA CLICAR NO LINK!

terça-feira, 24 de março de 2020

Mensagem da família Hospital Regional de Irecê para você e sua família.

Mensagem da família Hospital Regional de Irecê para você e sua família. Equipe multiprofissional representando a Emergência.



Vamos falar sobre o Covid-19

Os sinais e sintomas causados pelos vírus do grupo dos coronavírus são, principalmente, respiratórios, semelhantes a um resfriado comum (tosse, coriza, dor articular, mialgia, etc.), normalmente com evolução benigna/favorável.

No caso do novo coronavírus (SARS-CoV-2), responsável pela doença Covid-19, isso não é muito diferente, mas, em alguns casos, principalmente em idosos e portadores de doenças crônicas (hipertensos, diabetes mellitus, doenças vasculares, etc.), pode ocorrer infecção do trato respiratório inferior, como pneumonia e pneumonites, levando a casos mais graves e até ao óbito.

Veja como se prevenir da doença e da transmissão causada pelo novo coronavírus:

· Higienize frequentemente as mãos, com água e sabonete ou álcool gel 70%, principalmente após o contato direto com pessoas doentes;

· Se você tiver algum sintoma respiratório leve, semelhante a um resfriado comum, evite contato com outras pessoas, em especial, com aqueles considerados de risco para o desenvolvimento da forma grave da doença, no caso de Covid-19;

· Se você é idoso, evite o contato em aglomerações e locais fechados;

· Se apresentar tosse ou espirro, utilize lenço descartável para higiene nasal (lembre de, logo em seguida, descartar o lenço em local adequado);

· Se apresentar tosse, cumpra a “etiqueta da tosse”, que é cobrir o rosto com o braço dobrado, usando o antebraço, nunca as mãos;

· Mantenha sempre os ambientes bem ventilados;

· Evite tocar em mucosas (olhos, nariz e boca). Se precisar fazê-lo, higienize antes as mãos imediatamente;

· Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

O uso da máscara cirúrgica está indicado APENAS para os pacientes sintomáticos que precisem transitar fora do ambiente residencial. ATENÇÃO: para os profissionais da assistência à saúde, o uso de máscara deve seguir o que é definido no protocolo interno de Biossegurança e Precaução, no item “Precaução por gotícula”.

Fonte: Ascom OSID.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RADIO VIOLA VIVA